Foi divulgado recentemente, estudo pela Nilsen indicando forte retomada do crescimento economico no cenário Brasileiro, e apartir de 2018 preve o aumento de consumo de bens e serviços. Entretanto, tal previsão é de que o PIB atinga o patamar de 1,5% e, nesta situação aquece o varejo, que se prepara para inúmeras mudanças e adequações necessárias para atender melhor os consumidores.

Mudou muito a maneira com que se faz negócios, inicia a vivencia desta nova era com incorporações de diversas novas tecnologias, que engloba desde um sistema ERP eficaz de gestão, os apps dentre outras mais, como a realidade virtual  economica solidaria.

Vamos conferir mais sobre estas tendências?

VENDAS PELA INTERNET

Hoje expressivamente os consumidores compram quase tudo online e a tendência é aumentar cada vez mais. Os varejistas definitivamente vão agir para seguir esta nova modalidade, como por exemplo, a rede de supermercados Public que se adiantou neste segmento, em recente implementação inovou com o Public Drive, oferecendo maior agilidade, conforto e qualidade à seus clientes.

TECNOLOGIA QUE INTEGRA

Mensagens por WhatsApp ou SMS já são muito comuns para a comunicação entre empresas e clientes. Vendas, mensagens comemorativas, avisos, todo tipo de informação faz com que o consumidor acompanhe novidades e ações, assim, integrando e fidelizando ainda mais este relacionamento crescente. Na atualidade o varejista se posiciona com estratégia e consegue conhecer refinadamente o hábito de consumo de seu cliente, sendo possível oferecer ofertas de produtos pesquisados, comprados, ou mesmo um objeto de desejo.

CARTÕES VS CELULARES

O varejo ganha nova modalidade de pagamento: o smartphone. Na atualidade é possível comprar e pagar qualquer coisa através dos mobiles de inúmeros apps oferecidos no mercado para todo o tipo de perfil de consumidores.

Especialistas indicam que nos próximos anos esta nova forma de pagamento vai substituir os cartões de crédito;

GANHANDO DESTAQUE

Em um cenário que tudo parece ser igual é necessário ganhar destaque entre a concorrência. Autenticidade, verdade e naturalidade são quesitos cada vez mais valorizadas pelos consumidores.

COMPARTILHAMENTO

Uma prática que chegou para mudar e se estabelecer, sendo muito usual na atualidade é o compartilhamento de serviços e produtos, sobretudo em países mais desenvolvidos. É tendência crecente nestes paises cada vez mais que os consumidores busquem produtos e serviços compartilhados, tais como por exemplo: Locais de trabalho, eletroportáteis, ferramentas, meios de transporte e outros inúmeros mais, compartilhados, que estão mudando a forma de consumo e trocando “compra e venda” por “aluga-se” ou “dividi-se o gasto”;

SITES DIVIDINDO RESPONSABILIDADE

O varejo precisa estar atento à experiência dos consumidores que acessam o seu site, quer seja no desktop ou mobile, porque ele ganha importância a cada dia na decisão de compra. O site impacta diretamente o consumidor. Por isso, quanto mais criativo e responsivo, maior é a probabilidade de atrair a sua atenção e facilitar na escolha de seus produtos e serviços.

São algumas dicas do esperar para o próximo ano em termos de negócios dentro do varejo e você pode ver que, quase todos os pontos têm a ver com a tecnologia!

Pensando nisto, prepare seu ambiente para esta mudança que já está acontecendo!
Clique aqui e conheça tudo o que a Bluesoft desenvolve e inova todos os dias, para ajudar você impulsionar o seu negócio.

Referências de pesquisa para o desenvolvimento deste conteúdo:

Fontes: Valor.com.br / Blog do Lojista