As recentes invasões atingiram mais de 70 países e revelaram a vulnerabilidade a que muitas empresas estão expostas

Os ataques cibernéticos dos últimos dias deixaram claro que é preciso redobrar cuidados para proteger dados armazenados nos computadores. Veja a seguir alguns cuidados que podem ser tomados:

• Utilize antivírus de confiança, atualizando a ferramenta constantemente. O ideal é configurar para que elas sejam realizadas automaticamente

• Mantenha um back up diário dos dados, preferencialmente em nuvem ou HD externo, desconectado das máquinas utilizadas

• Crie senhas diferentes para equipamentos, incluindo os de rede, como roteadores. Ative proteções de segurança contra ataques

• Utilize proteções oferecidas pela máquina, como Firewall, que ajudam a identificar tentativas de invasão ou comportamentos estranhos na rede

• Use computadores e smartphones de maneira consciente e com navegação de segurança. Antes de permanecer num site, veja se ele tem certificado SSL (o endereço deve começar com “https”). Essa é a indicação se site é verdadeiro ou uma máscara. Se for esse o caso, há risco de roubo de dados

• Em caso de ataque por meio de ransomware – como ocorreu nos últimos dias – é possível usar um “antídoto” que recupera arquivos: “no more rasom”. Ele ajuda caso o ataque tenha ocorrido por meio de vírus conhecido, recuperando o conteúdo bloqueado sem o usuário precisar pagar resgate (o que aconteceu neste último ataque).

• Oriente os funcionários a evitar o uso de equipamentos da empresa para atividades pessoais. Também não é recomendado emprestar a terceiros, mesmo que sejam familiares

• Os colaboradores devem ser orientados ainda a não trabalhar com informações importantes diretamente nas máquinas – ou seja, fora do sistema protegido. É importante não salvar arquivos no desktop ou enviar por e-mail para trabalhar em uma máquina desprotegida

Fonte: Supermercado Moderno