De olho nos recursos das contas inativas, grandes redes prometem descontos

O varejo prepara promoções com descontos de até 70% para fisgar o consumidor que tem direito a sacar os recursos de contas inativas do FGTS. Os preços mais baixos estão agendados para começar a valer nesta semana, quando a Caixa libera o primeiro lote de recursos. O banco estima que, nessa primeira leva de saques, que começa na sexta-feira, cerca de 4,9 milhões de trabalhadores nascidos nos meses de janeiro e fevereiro resgatem R$ 6 bilhões das contas inativas. Grandes varejistas, como Casas Bahia, Pontofrio, Ricardo Eletro, Extra, Magazine Luiza e Mercado Livre, prometem ofertas e condições especiais de pagamento.

A investida para abocanhar um pedaço dos bilhões das contas inativas ocorre num momento em que o varejo amarga quedas históricas de vendas. De acordo com o IBGE, em 2016 a retração nas vendas bateu 6,6%, pior recuo em 16 anos. Apesar dos cortes de preços nas varejistas, Claudio Felisoni, presidente do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar), avalia que o efeito das promoções nas vendas deve ser fraco:

— Claro que o varejista vai fazer o possível para aproveitar esse dinheiro. É como oferecer um pedaço de pizza a pessoas que não comem há dias. Mas o consumidor está receoso, teme perder o emprego e ainda tem muitas dívidas. O consumo não deve ser priorizado.

Mesmo assim, a Via Varejo, que reúne as operações das Casas Bahia e do Pontofrio, preparara uma ação inédita voltada aos clientes que poderão sacar os recursos do FGTS. Desde domingo passado, as Casas Bahia iniciaram a campanha “Renove sua casa”, com ofertas em segmentos como eletrodomésticos e móveis, além de descontos especiais. No Pontofrio, a campanha “Upgrade” visa a ajudar o cliente a fazer um bom negócio, adquirindo itens de que ele precisa com descontos especiais.

O Magazine Luiza, por sua vez, vai divulgar, na quinta-feira, uma série de ofertas que serão válidas para o dia 10, tanto no site quanto nas lojas físicas.

No caso do e-commerce, o Mercado Livre, que reúne milhares de lojas virtuais, começa as promoções dia 13, abrangendo entre cinco mil e dez mil produtos, em todas as categorias do site. Segundo Leandro Soares, diretor do Mercado Livre, os preços estarão até 70% mais baixos.

— Vamos fazer uma semana de promoção, entre os dias 13 e 19, aproveitando a liberação do FGTS e o Dia do Consumidor, que é em 15 de março, e tentar dar um impulso nas vendas — comenta Soares, acrescentando que o Mercado Livre deve promover ações similares nas datas definidas para os saques do FGTS nos próximos meses.

As lojas Extra Hiper, do Grupo Pão de Açúcar, prometem colocar nas gôndolas descontos especiais nos eletroeletrônicos na sexta-feira. As promoções serão apresentadas como listas de compras, destacando as melhores oportunidades para mudar a cara da cozinha, da sala ou da lavanderia da casa dos clientes, que poderão parcelar os itens adquiridos em até 20 vezes no cartão Extra.

O Extra também vai estender as ofertas com preços mais baixos por 15 dias, aproveitando o Dia do Consumidor. As promoções vão até o dia 16 nas seções de eletroeletrônicos, têxtil e bazar. Também haverá ofertas nas categorias de perecíveis e mercearia. O parcelamento em até 20 vezes estará disponível apenas para os produtos eletroeletrônicos, desde que a parcela mínima seja de R$50.

— Com a oportunidade de ter um dinheiro inesperado na mão, a rede quer ajudar o cliente a utilizar essa renda de forma inteligente, sem se endividar e aproveitando as oportunidades que o Extra oferece — explica Eandres Aguiar, gerente de marketing do Extra.

Fonte: O Globo